Notícias / Saúde e Beleza

Dengue preocupa a região

Com o período das chuvas os casos de dengue começam a preocupar a região, que registra o município de Magda em epidemia e Monções em estado de alerta.

Magda está atualmente com 10 casos confirmados, que faz o município estar em epidemia. No entanto, algumas medidas estão sendo tomadas como nebulização e arrastão. O resultado começa aparecer, pois de acordo com informações da SUCEN, nenhum caso foi registrado nessa semana.

Monções com 8 casos positivos está em estado de alerta e intensifica as campanhas para prevenção da dengue e conscientização das pessoas.

Floreal está com 2 casos confirmados, mas caracterizados importados, ou seja, as pessoas não contraíram no município.

Gastão Vidigal registrou 2 casos positivos.

Em Macaubal o número de pessoas com dengue são 8, sendo dois deles importados a situação é considerada inicial. Inicial também é a situação de Nhandeara que registra 5 casos positivos.

Poloni também está em situação inicial, pois dos 6 casos registrados, apenas um foi contraído no município. Sebastianópolis do Sul registrou 4 casos e algumas notificações. Para não entrar em estado de alerta o município irá promover arrastões de 16 a 20 de março.

Turiúba e União Paulista registraram 1 caso cada.

Já Nova Luzitânia foi o único da região que não tem nenhum caso confirmado até o momento.

Até o fechamento desta edição os municípios de Monte Aprazível e Nipoã não forneceram os dados sobre a dengue.

Sintomas

A dengue pode ser grave e até matar, portanto caso apresente algum sintoma como febre alta, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dor no corpo e principalmente nas juntas e manchas vermelhas no corpo, você pode estar com dengue. Por isso, é necessário procurar a Unidade de Saúde mais próxima.

Prevenção

Apenas dez minutos, por semana, serão suficientes para proteger sua família contra o mosquito transmissor da dengue. O mosquito pode encontrar em nossas casas, abrigo, alimentação e recipientes de água para colocar seus ovos e se reproduzir.

Evite focos do Aedes Aegypti em sua casa: Verifique regularmente a vedação da caixa d’água e elimine acúmulos de água em pratos de vasos de plantas, pneus, embalagens descartáveis, calhas e outros recipientes.